Na internet, a concorrência está a um clique de distância, com boas práticas de usabilidade podemos manter o nosso cliente satisfeito e evitar sua fuga. Veja os principais erros que alguns e-commerces (não o seu) cometem diariamente.

“Na internet, a concorrência está a um click de distância.”

Com o boom do e-commerce essa citação nunca foi tão verdadeira. Não basta apenas ter uma loja virtual e achar que ela será o suficiente para seu negócio alcançar o sucesso desejado.

A tecnologia trouxe comodidade aos consumidores e também aos vendedores (já que lojas online reduziram significativamente custos operacionais). Ainda assim, gerenciar uma loja virtual pode ser cansativo e nem sempre trazer resultados significativos.

Não é incomum encontrar em sites, blogs, tutoriais e e-books sobre técnicas de vendas no comercio virtual. O que não se encontra com facilidade são dicas práticas de como melhorar seu site e evitar a fuga de potenciais compradores com experiências ruins. Assim, darei algumas dicas para melhorar a experiência do seu site.

 

Produto fora de estoque ou indisponível

 

Essa é a famosa sensação corta tesão. A seguinte situação acontece quando você encontra uma oferta ou simplesmente gosta de algum produto. Você clica no produto e na página de descrição encontra a seguinte frase: Fora de Estoque ou Produto Indisponível. É compreensível que algumas vezes o produto vende tão rapidamente que não dá tempo de atualizar o site. Mas a sensação é frustrante e o que normalmente um usuário faz é procurar o mesmo produto em outro site, e aí você acaba perdendo um potencial cliente.

Solução: sinalize que o produto está indisponível e/ou retire o produto do site enquanto ele estiver fora de estoque.

Falta de apresentação usual

 

Infelizmente, não é incomum encontrarmos características que não oferecem a real noção do produto em oferta. Produtos mal descritos ou com imagens ruins exigem  muita imaginação por parte do usuário, o que quase sempre acaba em insatisfação, já que dificilmente algo é tão bom quanto o que idealizamos.

Solução: Revise os textos, peça para outras pessoas lerem e dizerem se entendem bem a descrição do produto. Além disso, procure utilizar imagens que detalhem muito bem o que você está oferecendo.

Carregamento automático de filtros

 

Pense na seguinte situação: você acessa uma loja virtual, entra na secção de televisores com 3 marcas em mente. Obviamente você utiliza os filtros de pesquisa e restringe sua busca por essa marcas. Quando você está terminando o refinamento da busca, a página atualiza automaticamente (sim, isso acontece em alguns sites). Se você não acha que isso acaba com a paciência de qualquer um, então você não entende nada sobre pessoas.

Solução: retire já esse carregamento automático do seu site e dê mais tempo para o seu cliente.

Página de informações adicionais

 

Se você possui um site, há uma regra simples e básica a ser seguida: simplifique a navegação e seja objetivo. Se seu objetivo é vender um produto, você tem que tomar muito mais cuidado com a estrutura do seu site. É simplesmente irritante ter que acessar uma nova página para obter as informações desejadas sobre o item de interesse, tais como Tabela nutricional, recomendações, modo de usar, etc.

Solução: minimize a quantidade de etapas (clicks) do seu site até página do produto e suas informações, e também a quantidade de etapas para completar a compra.

Enfim, não faça do seu site um teste de paciência para seu visitante.

frustrada
Sites sempre precisam ser aprimorados. Eles são produtos que exigem manutenção e ajustes constantes para se adequarem melhor à sua finalidade. Espero que as dicas tenham sido úteis a quem possui uma loja online e se você já teve alguma experiência ruim como as citadas, deixe o relato aí nos comentários.